top of page
Buscar
  • Foto do escritorleanalbuquerque

Por que pessoas não tão boas se destacam mais que você



Você já se deparou com algum vídeo na internet onde alguém mostra algo que você acha que poderia fazer igual ou melhor? Nunca se perguntou como alguém consegue fama pelo que faz?


A resposta é meio simples: mostrando-se. Mas o como mostrar-se já é mais complicado. Hoje em dia somos bombardeados de informação e qualquer pessoa pode lançar qualquer coisa na internet, seja isso para o bem ou para o mal. Então como se destacar nesse mundo?


Primeiramente, é comum pessoas terem um certo medo de exposição, pois o perfeccionismo não nos deixa mostrar menos do que consideramos perfeito... Só que nada é perfeito, então o perfeccionista não se sente confortável em mostrar nada. Aí fica fácil de responder por que o cara não tão bom se destaca mais que o perfeccionista: porque ninguém conhece o perfeccionista que não sai da concha. Na maioria dos casos essas pessoas têm uma imagem irreal de si próprias, desqualificando o próprio valor pessoal.


O que quero dizer com isso é que essas pessoas não conseguem perceber sua própria evolução. Estão sempre se comparando com outras pessoas que já fazem essa atividade há muito mais tempo. Por exemplo, um recém-formado que tem dificuldade de aceitar que ainda não é tão experiente quando um profissional com 30 anos de carreira. Uma pressão muito covarde consigo mesmo, que faz com que os avanços não sejam valorizados.



Mostrar seu progresso para os outros é uma forma de documentar esse avanço. Você sempre vai poder visualizar seus trabalhos anteriores e ver o quanto você já evoluiu. Lógico que você vai receber críticas por qualquer coisa que você fizer. Minha hipótese é que tudo o que você fizer vai ter 33,3% de aprovação imediata, 33,3% de rejeição gratuita, não importando a qualidade do que você fez, e os outros 33,3% serão pessoas que realmente têm algum senso crítico e podem gostar ou não do que você está mostrando. É preciso saber filtrar as críticas para não se deixar abater pelos “haters”. Desista de tentar agradar todo mundo, pois isso só irá te colocar pra baixo.


Pensando nessa questão de público, os 33,3% com senso crítico, pare e pense em qual é o seu público. Não adianta você querer divulgar seu trabalho de, sei lá, artesanato fofinho, em um grupo de motociclistas mal encarados. Eles simplesmente não são o seu público e não vão se interessar pelo que você fez. É importante pensar em para quem você está desenvolvendo o seu trabalho. Para quem, onde, que estratégia de divulgação funciona para você, quais os meios e os lugares que você precisa estar presente para ter contato com o seu público?


"Adorei esse pote de biscuit do Ursinho Pooh, cara"

Por último e talvez o mais importante, saiba ter paciência tanto para o progresso da sua habilidade quanto para o seu sucesso no sentido de se tornar uma referência nesse assunto que você escolheu. As coisas não vão cair do céu. Claro que ter recursos financeiros ajuda muito nesse processo, já que você poderia investir mais na carreira e na sua divulgação, mas não é impossível conseguir bons resultados começando devagar. O importante é começar e estar sempre em movimento, se desafiando para melhorar. Não adianta você só querer fazer o que você domina.


Pesquise sobre marketing pessoal e inteligência emocional, talvez isso te dê uma ideia de como se portar e se comunicar com o seu público para potencializar seus resultados. Espontaneidade e carisma são muito importantes para a popularidade.


É isso. Saia da concha, ostrinha. Mostra essa pérola pro mundo!


77 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Commentaires


bottom of page